Cerimônia, realizada no Parque da Cidade, contou com a presença da vice-prefeita Fátima Lima

A vice-prefeita, Fátima Lima, participou de uma cerimônia alusiva ao Dia do Exército Brasileiro, realizada na manhã desta terça-feira, dia 19, no Parque da Cidade Natanael Geremias. Durante a solenidade, foram entregues boinas verde-oliva aos novos atiradores do Tiro de Guerra (TG) 01-016. Também ocorreu o hasteamento da bandeira nacional e um desfile com os recém integrantes. O evento foi conduzido pelo instrutor-chefe do TG, 1º sargento Wesley César Santana.

Fátima Lima parabenizou os novos atiradores e seus familiares e destacou a parceria do executivo com o Tiro de Guerra. “Esses jovens venceram os primeiros obstáculos e agora fazem parte do Exército Brasileiro, assumindo o compromisso de defender a Pátria. Parabenizo às famílias aqui presentes por todos os valores repassados a esses jovens. Em nome do prefeito Rodrigo Drable, digo que Barra Mansa está disposta a colaborar para a formação de cada um deles”, destacou a vice-prefeita.

O instrutor-chefe do TG, 1º sargento Wesley César Santana, falou sobre o Dia do Exército e explicou sobre o simbolismo da boina entregue aos atiradores. “Neste dia o Exército Brasileiro completa 374 anos e nos sentimos muito felizes e honrados na presente data, pois juntamente com nossas Forças coirmãs, compartilhamos de grandes índices de confiança junto à sociedade brasileira. A boina é o símbolo marcante do militar das Forças Armadas e nós, militares do Exército Brasileiro, ostentamos a boina verde-oliva com muito orgulho, pois ela é mais que um ditame ético ou uma regra moral, ela é sinônimo de mérito e vitórias para todos nós”, ressaltou o instrutor-chefe.
O sargento explicou ainda, que receber a boina verde-oliva é o reconhecimento à austeridade, à dedicação e à vibração dos atiradores. “Essas características são demonstradas ao superarem as dificuldades das instruções e provarem ter a força de vontade, rusticidade e o preparo físico necessários para serem verdadeiros combatentes. Simbolicamente, a boina representa o verdadeiro “batismo” do atirador, quando o civil de antes agora é reconhecido como combatente básico territorial do Exército Brasileiro”.

Também esteve presente na cerimônia o comandante da Guarda Municipal, Paulo Sérgio Valente; presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Regina Dornas Messias; comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de Barra Mansa, tenente Cunha; presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Leonardo dos Santos; usuários do Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado (Cemae); veteranos do Exército Brasileiro e familiares dos atiradores.